Financiamento

Designação do Projeto
Operação 2.1.4 – Empreender no Feminino
Código da operação
PDR2020-214-010102
Objetivo Principal
Transferir conhecimento para o setor agro-florestal
Área de intervenção
Portugal Continental
Entidade Beneficiária
MARP – Associação das Mulheres Agricultoras Rurais Portuguesas

Data de aprovação
23-05-2016
Data de início
01-08-2016
Data de conclusão
31-07-2018
Custo total elegível
76.975,72 EUR
Apoio financeiro da União Europeia
Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural (FEADER) – 57.731,80 EUR

Atividades
Partindo do reconhecimento de que as mulheres desempenham um papel relevante no desenvolvimento das zonas rurais dos países em desenvolvimento, identificam-se inúmeros contributos que as mulheres poderão dar ao processo de desenvolvimento do país, através da sua participação na economia rural. Com este projeto pretendemos contribuir para alcançar um conjunto de objetivos, organizados em 4 eixos: Empreendedorismo Feminino, Desenvolvimento Rural, Marketing Agrícola e Boas Práticas na Produção.
Empreendedorismo no feminino:
incentivar a entrada das mulheres no mercado de trabalho agrícola adotando um atitude empreendedora, através da aquisição de competências, disponibilização de meios e estratégias de promoção do espírito empresarial. Neste sentido, e indo ao encontro da missão da MARP, serão dinamizadas atividades como seminários, workshops, publicações informativas e a criação de uma página web com o objetivo de impulsionar o empreendedorismo agrícola feminino em Portugal.
Desenvolvimento Rural:
com o objetivo de discutir e partilhar experiências sobre a intrínseca relação entre o contributo dos produtos regionais e o desenvolvimento rural da região, pretende-se dinamizar uma “Mesa Redonda” reunindo produtores e outros que pretendam participar para discutir o tema “Desenvolvimento Rural e Produtores Regionais”, para que seja possível compreender, tendo em conta a experiência e opinião dos participantes, de que forma estas duas dinâmicas interagem e que contributos podem ser dados para melhoria de ambas as dimensões.
Marketing Agrícola:
verificando-se um verdadeiro descuido relativamente ao marketing e valorização dos produtos, descuido este principalmente motivado pela focalização apenas na produção e comercialização do produto sem atender à sua promoção e correta visibilidade no mercado agrícola, a realização de workshops e seminários permitem estimular e incentivar a utilização de estratégias de marketing coerentes e efetivas salientando a importância desta ferramenta.
Boas práticas na Produção Agrícola:
através da realização de um vídeo técnico, seminários e publicações informativas, disponibilizar conhecimentos e práticas que fomentem nos produtores a responsabilização e competência para uma gestão eficiente e sustentável da sua exploração e produção com base em boas práticas, salvaguardando os princípios fundamentais da higiene e segurança alimentar no trabalho agrícola, em especial, na produção, conservação, transporte, consumo e tratamento de resíduos associados.

Financiamento